domingo, agosto 24, 2008

Resumo - Filme - O Elo Perdido

Atenção: Spoiler.

O filme “O elo perdido” conta a estória de um antropologista escocês, James Dodd, que para efetuar um estudo sobre o elo perdido entre os macacos e o homem, vai à áfrica central em 1870 com o intuito de capturar dois exemplares de pigmeus nativos. Essa raça ainda não teria contato algum com a o homem moderno, um exemplar perfeito do que seria homem primitivo.

Para a captura dos pigmeus foi contratada uma expedição, cuja chefa era Elena. Após a captura estes foram levados de barco até a Europa, sendo que nesta viagem James presenciou diversas demonstrações de comportamento exótico dos dois. América, nome dado ao pigmeu macho naquele momento, mostrou rancor sobre sua captura através de atos violentos assim como aconteceu durante a sua captura.

Junto com James no projeto de estudo estavam outros dois outros antropólogos, Fraiser e Alexander. A primeira base de estudos foi fixada dentro da propriedade de Fraiser, onde os dois pigmeus foram trancafiados em uma jaula.

Os estudos começaram por medições, através do qual era feita uma analogia ao formato craniano, tamanho do cérebro, estatura, sexualidade. O projeto da equipe analisava os dois como sendo uma raça muito primitiva, basicamente motivada por instintos e com inteligência amplamente inferior a do homem moderno. Fato que foi colocado a prova através da demonstração de sentimentos dos dois pigmeus, isso foi compreendido somente por James e também no final da estória por Elena.

O filme descreve o que seria a sociedade moderna e seus conceitos científicos no final do século XIX. Cientistas ainda em estado de euforia com a teoria da evolução de Darwin tentavam montar a todo custo o quebra cabeças que seria a evolução do homem a partir do macaco.

James num determinado momento é confrontado com a tentativa de América ao comunicar com sucesso seu verdadeiro nome, Toko. Este último fato mais um conjunto de outros fatos que viriam, como quando Toko faz uma dissimulação de doença para atrair a atenção de Fraiser fugindo logo em seguida com Likola (nome dado a pigméia) do cativeiro e, na mesma cena Likola faz uso de uma arma de fogo roubada do guarda. O antropólogo, James, toma consciência de que os dois pigmeus, até então considerados como raça inferior, eram tão homens quanto eles. Capazes de demonstrar sentimentos e racionar.

O desenrolar da história mostra o homem civilizado, buscando o conhecimento. Porém, a falta de embasamento e seus dogmas dificultaram o entendimento daquela que seria a verdade: A civilização de pigmeus que estudavam era fisiologicamente equiparada a eles, tendo como diferenças apenas sua cultura e civilização. O conflito foi tamanho que os pigmeus chegaram a ser colocados em um zoológico para visitação pública, como animais selvagens.

Por fim, o choque de culturas e os dogmas científicos levam a morte de Toko, a ruína da pesquisas da equipe e a volta de Likola, levada por James, para sua Aldeia.

Vale contar que Zoológicos humanos são fatos reais e se proliferaram na Europa durante o século XIX.

23 comentários:

leticia disse...

o filmeee ééé muitoo lixoo

Anônimo disse...

O filme é ótimo, é um lixo para quem não tem a capacidade de entende-lo... quem tem uma concepção de mundo pequena.

Anônimo disse...

Realmente esse filme e otimo,
e muito tocante,
fala da vida primitiva,
que independete do nossas vidas passada,são pessoas como nos,
e com o mesmo sentimento, a difereça era que eles não tinha contato com pessoa por isso agiam daquela forma
se para se defederem...

Alexander disse...

Lixo?! Lixo é quem tem um mundinho limitado e uma visão estreita como dessa moça que fez esse comentário infeliz. O filme é ótimo e mostra muito do que se aprende sobre antropologia, até mesmo o etnocentrismo europeu dominante nesta época, achando que eles eram superiores, em detrimento do conhecimento dos povos da África, Ásia e América. Vale a pena assistir...

Anônimo disse...

Se para alguns obter um pouco mais de conhecimento é 'LIXO'.. irei te dizer, realmente este mundo está perdido.
Mas ainda só daquelas que tenho a 'ESPERANÇA nas pessoas, acreditando que elas podem ser humildes e corrigir os seus erros..
Reveja os seus erros garota..mas se continuar achando que está certa, tudo bem. Entendo,pois essa é a sua opnião,pois foi com pensamentos diferentes e muitas investigações que foram descobertas todas estas evoluções.
Porêm saiba como expressar da próxima vez, para que não possa sair como uma 'IGNORANTE e sim como uma nova formadora de opniões para o desenvolvimento da nossa sociedade.
''''''A.C.S.C.'''''

Môni disse...

Não vou comentar do filme.E sim do resumo.
Acheique precisa de umas melhoras mais esta bom
Parabens

Anônimo disse...

eu assisti o filme e gostei muito, principalmente por demostrar a questao da alteridade= outro, as diferenças é q nos faz entender q somos seres humanos com a mesma capacidade, com os mesmo direito, apenas com costumes e personalidades diferentes isso é o q nos caracteriza.
pena q ainda existem pessoas q nao se conscientezam e acabam ferindo o espaço do outro.

Anônimo disse...

lixo é crepúsculo e harry potter (Y)

Anônimo disse...

Esse resumo ta mt pode . parece que vcs nunca assistiram o filme

Anônimo disse...

crepuslo nao e pode . vc nao sabe apreciar o que e bom

Anônimo disse...

tem gente que tá assistindo muito filme e esquecendo do 'bom português' "pode"!Que palavra é essa???

Anônimo disse...

gostei muito do filme, esta muito esta bom. quem acha que é um lixo e porque pensa que sabe de de quase tudo mais no fundo não sabe nada.

Anônimo disse...

o filme e otimo,mostra que nem todas as formas de pesquisas nao sao limpas,a exemplo do filme os pesquisadores seriam famosos por provar uma teoria que na verdade nao existia,e a que preco esse fato estava sendo provado aos outros pesquisadores,tanto que um dos pigmeus morreu.vamos pensar melhor nas formas de pesquisas.

Anônimo disse...

o povo que diz que o filme é um lixo é totalmente sem cultura





1o filme é muito interessante,inclusive foi proposto resumo na faculdade!

Anônimo disse...

o povo que diz que o filme é um lixo é totalmente sem cultura





1o filme é muito interessante,inclusive foi proposto resumo na faculdade!

joao batistinha disse...

o filme e muito interesante fala da vida primitiva.

Anônimo disse...

o file e u lixo nao tem sentido
so fala de pessoas selvagens
nao tem contatato com homens brancos
e sao ets

Anônimo disse...

o filme e bom

Anônimo disse...

o filme e bom

Anônimo disse...

Nao gostei pq e mt parado

Anônimo disse...

Apoio o Alexandre, falou bonito!

Anônimo disse...

muito bom o este resumo esta otimo e vale muito apena assistir o filme. que pode nos ajuda a entender e respeitar o diferente.

Anônimo disse...

Não cheguei a assistir o filme todo, o professor passou na faculdade e pediu que fizéssemos um resumo, e diria que gostei muito desse resumo do blog. Obrigada :D